Porque eu gosto tanto de inteligência artificial – Parte 3

Porque eu gosto tanto de inteligência artificial – Parte 3

Por Claudia Hausner

Inteligência Artificial (IA) é um dos temas mais “sexies” da atualidade e continuará por algum tempo como assunto top das listas dos assuntos mais relevantes.

Essa é a terceira parte da trilogia PORQUE EU GOSTO TANTO DA IA.

Meu background é mercado de capitais e financeiro. Há muita pesquisa sobre IA, O CFA Institute Research Foundation se dedica a pesquisas, desenvolvimento e disseminação no campo da IA para gestão de investimento no mundo todo.

IA é um dos temas muito estudados para ampliar eficiência no mercado de gestão de ativos. A entrada de diversas Fintech trouxe mais demanda de soluções tecnológicas para o mercado de financeiro e de gestão de ativos. IA tem impactado positivamente esse mercado, sendo utilizado nos seus modelos estatísticos de composição de carteiras para serem negociadas (compra e venda de ativos) em suas plataformas.

Composição de carteiras normalmente leva em consideração risco, retorno e liquidez. IA traz melhor condição de analisar dados estruturados, dados não estruturados, consegue capturar não linearidades dos modelos, estudar melhor variança e covariança, risco de crédito, volatilidade de ativos e mercados, movimentos da economia global e seus potenciais impactos, consegue entender textos e imagens, crises financeiras, portanto gera resultados de forecast que ampliam robustez e retorno dos fundos sob gestão.

Os robôs advisors que recomendam aos investidores a movimentação de seus ativos com base nos algoritmos feitos sob medida para o perfil do investidor é outro ponto importante de interação da IA diretamente com as pessoas.

Sabemos que existe uma grande responsabilidade no desenvolvimento da IA (modelo) e que a base sempre é dados qualificados e qualidade de dados.

Dada a quantidade de ativos, novos tipos de ativos (criptos) e complexidade dos mercados os modelos clássicos não atendem mais.

Claudia Hausner, Conselheira de Administração, Conselheira Consultiva, Conselheira TrendsInnovation. Atua como CA, Conselheira Consultiva e Conselheira Familiar no aprimoramento da estratégia, com foco em visão de futuro e construção de valor, orientando líderes e gestores.  Forte background em finanças (mercado de capitais), M&A e valuation. Traz maturidade e qualidade para o trabalho da organização, foca na diretriz, e potencializa a longevidade exitosa das empresas. Empreendedora. Socia fundadora da HH Inteligencia, A HH foca seus serviços de consultoria em:  construção de valor, soluções financeiras, valuation, plano de negócios (também para start-ups), transformação digital e gestão de alto impacto para empresas com desejo de reposicionamento, perpetuidade e prosperidade. Business Developer de um fundo de venture capital americano.  Quando executiva dentro do setor financeiro foi C-Level e desenvolveu ampla experiencia em mercado de capitais tendo atuado principalmente em bancos de investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.