Cultura, o diferencial do poder

Cultura, o diferencial do poder

Por Claudia Hausner

Quando falamos com empresários ou executivos e nos sentimos motivados e nos entusiasma fazermos uma parceria qualquer que seja com essa empresa, isso é reflexo da cultura incorporada nas pessoas que acreditam na empresa e no seu potencial, sabem que fazem parte, são pertencentes.

CONFIANÇA

É um valor intangível, mas um dos mais importantes. A confiança é consequência direta de um dos pilares de Governança Corporativa: transparência. Quando está dentro da cultura a transparência, naturalmente a equipe desenvolve um elevado grau de confiança. Em ambientes de confiança os executivos conseguem perguntar, ter respostas claras e assertivas, e os profissionais conseguem compartilhar receios, projetos e sucessos. Um ambiente onde há confiança é um ambiente que promove a construção de valor.

 

 

TIME COMPROMETIDO

Quando existe o espaço da iniciativa, criatividade e senso de pertencimento o time fica mais aberto a trocas efetivas. Ambientes muito controladores são a antítese de uma cultura ágil. A agilidade está diretamente ligada a hierarquias menores, compreensão de que quem está na ponta da ação e responsabilidade deve ser motivado a buscar mais eficiência nos processos e mais fluidez. Empresas com processos fluidos são empresas que constroem valor. Aqui temos como inclusive medir resultados quando comparamos momentos travados e comparamos com novos momentos em que há fluidez.

 

AMBIENTE ONDE APOIO É MÃO DUPLA

Erros são importantes e antecedem os acertos. É isso que a cultura deve acreditar. Simples assim. Todos temos dias melhores e piores, nada melhor que a cultura do abraço. Vamos sempre procurar o melhor, fazer o melhor e promover a empatia da cultura da abertura ao erro. Valorizar o aprendizado e a evolução, e com certeza como consequência vem o sucesso para todos.

 PESSOAS SÃO A BASE DE TODOS OS RELACIONAMENTOS

As tomadas de decisão, quer seja ficar na empresa que acredita faz a diferença no mundo que queremos (propósito), quer seja na contratação do serviço ou compra de produto, no fundo são tomadas por pessoas.

Pode até contra-argumentar que temos agora a Inteligência Artificial, sim, temos, mas por de trás houve uma pessoa que deu o início a programação.

 FELICIDADE, BEM-ESTAR, ORGULHO

Irmos felizes trabalhar, estarmos bem e termos orgulho transcende em muito as rotinas do dia a dia e elevam em muito a percepção quântica que se tem com relação a empresa. Vale a pena sempre ter isso em mente.

Cultura vem de cima e vai para todos os níveis internos e gera a percepção externa. Lideranças dão o tom, seria ótimo se todas as lideranças se preocupassem e alcançar o tom de dourado em suas empresas. Cultura, criação e manutenção, é a principal missão dos C-levels e dos empresários donos. Valores reafirmam atitudes, que reafirmam propósitos e que mantem colaboradores e clientes em harmonia e com desejo de longevidade em suas relações com a empresa.

Claudia Hausner é Socia fundadora da HH Inteligencia, Associada RV Conecta, Conselheira TrendsInnovation da Inova Business School, atuou em conselhos de empresas familiares e conselho consultivo. A HH entrega em seus serviços de consultoria:  construção de valor, soluções financeiras, valuation, plano de negócios (também para start-ups), transformação digital e gestão de alto impacto para empresas com desejo de reposicionamento, perpetuidade e prosperidade. A RV Conecta desenvolve soluções estratégias e de capitalização para empresas atuantes no setor de infraestrutrua. Quando executiva dentro do setor financeiro foi C-Level e desenvolveu ampla experiencia em mercado de capitais tendo atuado principalmente em bancos de investimento, tanto em instrumentos de equity como em debt.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.